Archive by Author

Novos Tempos

9 Fev

‘Nada acaba. Só uma nova etapa que começa. Mário Pires

Meus queridos Amigos e Amigas, 

Chegou a hora de encerrar este ciclo da minha vida.  Quando eu comecei o Europa Beauty, eu tinha em mente uma outra abordagem aqui no blog, mas com o passar do tempo eu percebi que não era isto que eu queria. A vida muitas vezes muda de rota, e como dizia minha amiga Bernadete, “Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final. Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.

Então agora, após muita reflexão, eu decidi parar. Sim, isso é uma despedida, mas uma despedida deste blog Europa Beauty. Até vislumbrei a possibilidade de transformá-lo, mas  o ciclo aqui acabou.  Agradeço infinitamente a Deus por tudo que me foi concedido e me despeço deste blog com a certeza de que quando ele começou, eu era uma pessoa e agora, sou outra. Crescendo, amadurecendo, evoluindo, sobrevivendo e vivendo!

O Europa Beauty vai ficar marcado na minha história, devido a alguns acontecimentos em minha vida, mas tudo tem começo, meio e fim, e a vida segue. Tão bom saber que esse espaço me acrescentou tantas coisas e tantos amigos.

Quero agradecer a todos vocês que me visitam aqui, agradecer por todos os comentários, sugestões, broncas, puxões de orelhas e todo o carinho que recebi aqui. Mas isso não é um adeus, e sim um até logo, pois eu estou aguardando a sua visita em minha “casa” nova.

Saudades? Eternas, disso não tenho a menor dúvida.

Série: A Caminho dos 40 #2

4 Fev

No post #1 da “série” A caminho dos 40, eu falei sobre me livrar do peso morto que carrego nas costas. E eu gostaria de explicar que isto não se refere a ninguém, e sim ao meu próprio passado.

Eu sou uma pessoa muito apegada ao passado, pois é este passado que me dá sentido de “identidade” que comentei no post citado.  E gente, quando nós nos apegamos a nosso passado, nós estamos garantindo que o futuro carregue a mesma “essência”. Percebe aonde eu quero chegar?

Olha, quando carregamos esta mesma “essência”  a vida se move em círculos sem nada de novo ou criativo. A vida nos traz um reflexo do que pensamos ser.

Uma coisa é lembrarmos as coisas boas que vivemos. Refletirmos sobre os obstáculos que vencemos ultrapassamos e ter saudade das pessoas, dos lugares que ficaram para trás. Não estou aqui dizendo que temos que nos livrar do passado, de forma alguma, estou apenas dizendo que passado é algo morto, é igual museu de antiguidade sabe, você vai lá para rever as coisas mas deixa tudo lá, não leva nada para casa.

O que eu estou querendo dizer aqui é não podemos permitir que nosso passado nos impeça a caminhada presente a caminho de nosso futuro. Gosto muito da frase do ex-presidente estadunidense Thomas Jefferson: “Gosto mais dos sonhos do futuro do que das histórias do passado”.

Anos atrás eu vivi uma desilusão amorosa muito grande, foi um fato que hoje 17 anos depois, eu preciso de vez erradicar da minha vida. Eu vivi a auto-sabotagem (se escreve junto ou separado?) para os meus relacionamentos futuros, eu buscava um padrão de pessoa que eu só encontraria no “dono” da desilusão, mas não. Eu não me dei por satisfeita com todo o sofrimento que tive, e busquei mais sofrimento.

Comecei a descontar a minha insatisfação, na comida, na minha vaidade e até mesmo nos meus planos do futuro. E tudo por quê? Porque muito de nós tem a terrível mania tentar de novo algo que na primeira tentativa não foi bem sucedido. Eu fui, sou uma destas pessoas.

Sabe o que minha mãe sempre fala, aliás, meu Pai falava muito isto também. Que o pior problema da raiva é quando voltamos (a raiva) contra nós mesmos, porque ela  pode se manifesta de maneiras infinitas e muitas vezes mascarada através da inércia, depressão, ansiedade, apatia, modorra, descrença e em muitas outras formas. E isto é uma forma de auto-sabotagem.

Aqui, exemplos típicos de auto-sabotagem, e acredito que muitos de nós já dissemos uma, duas ou talvez todas destas frases abaixo:

  • “Nunca serei capaz de ter aquilo que gostaria”
  • “A minha vida nunca vai sair deste buraco”
  • “Eu nunca mais encontrarei a pessoa certa para mim.”
  • “Eu nunca mais serei feliz”
  •  “Nunca serei capaz de fazer isto”
  •  “Eu não consigo…”
  • “Eu nunca…”
  • “Eu não…”

Estou errada? Você nunca usou alguma destas frases? Se não usou, porfa me ensina a viver porque parece que eu ainda não aprendi.

Eu estou disposta a me esvaziar, me libertar do passado. A me reprogramar. Desapegar daquilo que me fez encruar na vida. Sempre andando em círculos. Sem querer entrar em questão religiosa, mas é uma citação de um livro fantástico (da época que eu conseguia ler um livro em inglês) que chama-se What Doth It Profit (De que Adianta) de Sterling W. Sill, ele fala assim:

“O perdão de Deus é muitas vezes anulado porque o pecador não perdoa a si mesmo. O que adianta Deus não se lembrar mais de nosso erro, se continuamos a reprisá-lo em nossa mente?”

Lembre-se nosso único inimigo somos nós mesmos, afinal só você saber o que é melhor para você. Não se preocupe com os outros. Ocupe-se de você. Mantenha seu foco, lembre-se que eu, você chegaremos ao lugar que escolhermos seguir.

Eis alguns pontos importantes para começar as mudanças:

  1. Disciplina não deve ser ato e sim hábito – (daquilo que habitualmente pensamos e fazemos)
  2. Policie os pensamentos de derrota porque eles reduzem a autoestima;
  3. Perdoar, não significa necessariamente a outra pessoa. Muitas vezes devemos nos perdoar. Perdoar a si mesmo pode ser muito mais urgente que perdoar ao próximo e 
  4. (não menos importante) Estabeleça prioridades; Elimine coisas sem importância; Reconheça suas limitações. (eu quero voltar a falar de cada um destes 3 últimos itens).

E para tudo o que disse aqui, apenas uma única conclusão: Só quando amamos a nós mesmos da forma correta, estamos mais qualificados para servir nossos semelhantes e conseguir aceitar melhor acerca de nós mesmos.

O Grito (no original Skrik)  Edvard Munch fonte: Wikipédia

O Grito (no original Skrik) Edvard Munch
fonte: Wikipédia

* O Grito é uma série de quatro pinturas do norueguês Edvard Munch, a mais célebre das quais datada de 1893. A obra representa uma figura andrógina num momento de profunda angústia e desespero existencial.

Tempo de Confiar

2 Fev

Domingo, dia de Reflexão e planos para a semana que se inicia. Mas de nada adianta fazermos nossos planos se estes não forem da vontade de nosso DEUS, Pai amado.

Eclesiastes 3

Der Prediger 3

Tudo tem a sua ocasião própria, e há tempo para todo propósito debaixo do céu.

Ein jegliches hat seine Zeit, und alles Vornehmen unter dem Himmel hat seine Stunde.

Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;

Geboren werden und sterben, pflanzen und ausrotten, was gepflanzt ist,

tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derribar, e tempo de edificar;

würgen und heilen, brechen und bauen,

tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar;

weinen und lachen, klagen und tanzen,

tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de abster-se de abraçar;

Stein zerstreuen und Steine sammeln, herzen und ferne sein von Herzen,

tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de deitar fora;

suchen und verlieren, behalten und wegwerfen,

tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar;

zerreißen und zunähen, schweigen und reden,

tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz.

lieben und hassen, Streit und Friede hat seine Zeit.

Que proveito tem o trabalhador naquilo em que trabalha?

Man arbeite, wie man will, so hat man doch keinen Gewinn davon.

Tenho visto o trabalho penoso que Deus deu aos filhos dos homens para nele se exercitarem.

Ich sah die Mühe, die Gott den Menschen gegeben hat, daß sie darin geplagt werden.

Tudo fez formoso em seu tempo; também pôs na mente do homem a idéia da eternidade, se bem que este não possa descobrir a obra que Deus fez desde o princípio até o fim.

Er aber tut alles fein zu seiner Zeit und läßt ihr Herz sich ängsten, wie es gehen solle in der Welt; denn der Mensch kann doch nicht treffen das Werk, das Gott tut, weder Anfang noch Ende.

Sei que não há coisa melhor para eles do que se regozijarem e fazerem o bem enquanto viverem;

Darum merkte ich, daß nichts Besseres darin ist denn fröhlich sein und sich gütlich tun in seinem Leben.

e também que todo homem coma e beba, e goze do bem de todo o seu trabalho é dom de Deus.

Denn ein jeglicher Mensch, der da ißt und trinkt und hat guten Mut in aller seiner Arbeit, das ist eine Gabe Gottes.

Eu sei que tudo quanto Deus faz durará eternamente; nada se lhe pode acrescentar, e nada se lhe pode tirar; e isso Deus faz para que os homens temam diante dele:

Ich merkte, daß alles, was Gott tut, das besteht immer: man kann nichts dazutun noch abtun; und solches tut Gott, daß man sich vor ihm fürchten soll.

O que é, já existiu; e o que há de ser, também já existiu; e Deus procura de novo o que ja se passou.

Was geschieht, das ist zuvor geschehen, und was geschehen wird, ist auch zuvor geschehen; und Gott sucht wieder auf, was vergangen ist.

Vi ainda debaixo do sol que no lugar da retidão estava a impiedade; e que no lugar da justiça estava a impiedade ainda.

Weiter sah ich unter der Sonne Stätten des Gerichts, da war ein gottlos Wesen, und Stätten der Gerechtigkeit, da waren Gottlose.

Eu disse no meu coração: Deus julgará o justo e o ímpio; porque há um tempo para todo propósito e para toda obra.

Da dachte ich in meinem Herzen: Gott muß richten den Gerechten und den Gottlosen; denn es hat alles Vornehmen seine Zeit und alle Werke.

Disse eu no meu coração: Isso é por causa dos filhos dos homens, para que Deus possa prová-los, e eles possam ver que são em si mesmos como os brutos.

Ich sprach in meinem Herzen: Es geschieht wegen der Menschenkinder, auf daß Gott sie prüfe und sie sehen, daß sie an sich selbst sind wie das Vieh.

Pois o que sucede aos filhos dos homens, isso mesmo também sucede aos brutos; uma e a mesma coisa lhes sucede; como morre um, assim morre o outro; todos têm o mesmo fôlego; e o homem não tem vantagem sobre os brutos; porque tudo é vaidade.

Denn es geht dem Menschen wie dem Vieh: wie dies stirbt, so stirbt er auch, und haben alle einerlei Odem, und der Mensch hat nichts mehr als das Vieh; denn es ist alles eitel.

     Todos vão para um lugar; todos são pó, e todos ao pó                                          tornarão.

Es fährt alles an einen Ort; es ist alles von Staub gemacht und wird wieder zu Staub.

Quem sabe se o espírito dos filhos dos homens vai para cima, e se o espírito dos brutos desce para a terra?

Wer weiß, ob der Odem der Menschen aufwärts fahre und der Odem des Viehes abwärts unter die Erde fahre?

Pelo que tenho visto que não há coisa melhor do que alegrar-se o homem nas suas obras; porque esse é o seu quinhão; pois quem o fará voltar para ver o que será depois dele?

So sah ich denn, daß nichts Besseres ist, als daß ein Mensch fröhlich sei in seiner Arbeit; denn das ist sein Teil. Denn wer will ihn dahin bringen, daß er sehe, was nach ihm geschehen wird?

Crédito da Imagem: Google+

Crédito da Imagem: Google+

Tag nova no Blog 5ª fútil + útil.

30 Jan

Bem, aqui eu quero ter um papo de como disse muito bem dito pela Pam do Panela Européia, um papo de pintosa, um espaço para podermos falar sobre makes, sapatos, makes perfume, makes, bolsas, makes, moda (esqueci algo?) Ah, makes.

E como primeiro tema, eu quero falar sobre validade de nossos cosméticos. Porque nesta minha busca por uma pele de pêssego, usar cosmético vencido seria o Ó do Borogodó. Ninguém merece, depois fica com a cara cheia de “siguizira” e não sabe por quê.

No Brasil os produtos devem trazer no próprio produto (e não apenas nas embalagem) a data de fabricação e o prazo de validade (que começa desde o dia que ele é produzido). Aqui na Alemanha e outros países como nos Estados Unidos, Canadá e outros países da União Europeia a regulamentação para a data de validade dos cosméticos é diferente. Aqui é importante mostrar a vida útil dos produtos nas prateleiras e as orientações para esse tipo de informação podem variar de acordo com cada empresa

Muitos produtos importados oferecem o Batch Code (geralmente composto por uma sequência de números e letras), que é um código que nos fornece informações como lote, data e local de fabricação do produto.

Me perdoem mais usei imagens da Internet.

Crédito das Imagens; Google

Crédito das Imagens; Google

ferragamo-7

Código indicado pela linha vermelha

 E estes produtos importados também possuem uma Etiqueta Após Aberto vai informar a validade do produto após você abri-lo para utilização.

e.Beauty

e.Beauty

As letras indicadas são: M (month – mês em inglês) ou Y (year – ano em inglês). Se tiver, por exemplo, 18M significa que a duração do produto são 18 meses contados a partir do dia em que foi aberto o produto.

Crédito das Imagens: Google

Crédito das Imagens: Google

images (1)

Crédito das Imagens: Google

Mas não se desespere se não entender o tal Batch Code, pois com a Internet tudo fica mais prático. Existem 2 sites (que eu conheça) que faz o cálculo para nós. O Check Fresh e o Check Cosmetic, agora é só escolher qual é o melhor para você.

É só clicar, selecionar a marca do produto e digitar o Batch Code, na hora ele informa a data, mês, ano, ou tudo junto sobre a fabricação do produto. Uma maravilha né!

Check Cosmetic

E. Beauty – Sorry, a qualidade está terrível – Check Cosmetic

Mac - Check Fresh

E. Beauty – Sorry, a qualidade está terrível – Check Fresh

Agora 2 dicas da Vovó para aumentar ainda mais a vida útil das nossas amadas makes, NUNCA, JAMÈ guarde suas maquiagens no banheiro (já falei isto aqui). Isso diminui a validade delas em mais da metade. Guarde-as em lugar arejado, longe do calor ou da umidade. E cuidado com os produtos em necessaires dentro das nossas bolsas, pois isto também diminui a validade, uma vez que ficam expostas ao calor e sofrem danos no transporte.

Eis aqui, uma pequena e humilde tabelinha com algumas bases de prazo de validade para diversos produtinhos.

Crédito da imagem: E.beauty

Crédito da imagem: E.beauty

E lembre-se qualquer alteração de cor, cheiro, textura ou durabilidade, verifiquem a data e joguem fora antes de ter algum problema. Cosméticos com a validade vencida podem irritar a pele, causar infecções (inclusive nos olhos), dar alergia, e muitos outros problemas. Sei o quanto dói jogar um produto “carérrimo” no lixo, mas por experiência própria, médicos e medicamentos podem custar bem mais que isso para tratar um problema que poderia ter sido evitado.

Já sei agora você se animou e vai correndo fazer uma limpeza no cantinho de maquiagem e ver se tudo está dentro da validade? Pois é, eu também.

Crédito da Imagem: Bing Imagens

Crédito da Imagem: Bing Imagens

Pérolas da BLOGESFERA

29 Jan

Lembre-se, sem nomes e identificações, não quero denegrir a imagem de ninguém. Mas um pouco de risos podemos conseguir com o que rola na amada BLOGESFERA. Afinal rir ainda é o melhor remédio ( e o hoje a dor tomou conta do meu ser).

Algumas pérolas da Blogesfera, espero que vocês levem na esportiva. E se alguém se sentir humilhado ou quiser que eu retire as imagens do Post. Por favor entre em contato que o farei imediatamente.

Google Imagens

Hum… E olha que nem estou questionando a veracidade do produto! Porque eu tenho certeza que a MAC não vende PALHETA…

To Vendendo, super novo! Hum hum...

Ta Vendendo e ainda fala que é super novo! Hum hum…

1

HOMICÍDIO QUALIFICADO (§ 2º , art. 121 CP) – RIP Língua Portuguesa
Agora sim posso começar   minha Dieta.

Agora sim posso começar minha Dieta.

???? Ah, eu sou muito burra ou ela come os interessados?

???? Ah, eu sou muito burra ou ela come os interessados?

O leitor acordando para a vida!

O leitor acordando para a vida!

Não consegue ler?

O povo tá ACORDANDO, Ana Maria!

O povo tá ACORDANDO, Ana Maria!

Agora só me resta relembrar meus velhos tempos de professora (saudades mil), e aderir ao grupo dos seres não vivos… Como diz minha amiga Pulinha, MORRIIIIIII…. (beijos Pulinha, amanhã é dia de jogar na Lotto viu. Não esqueci da promessa não!)

pérola

Tá bom,  você pode me  chamar de linguaruda…

Mas eu tirei um sorriso do teu rosto não foi?

…Mas eu tirei um sorriso do teu rosto não foi?

E o Brasil está acordando para o Jabá na “blogs’fera”.

Crédito das Imagens: Google Imagens, Tia Shame, Bing Imagens

Reclamações #1

28 Jan
Crédito da Imagem: greatgroup

Crédito da Imagem: greatgroup

Muitas pessoas tem a mania de sair por aí falando que a Alemanha não é um bom País para se morar, que é muito isto, muito aqui. Aí eu te pergunto: O que você ainda está fazendo aqui? Volta para o teu pais pessoa “reclamona”.

Tenho certeza que ninguém colocou uma arma na tua cabeça para que você viesse morar aqui. E sendo muito maldosa no comentário, arrisco a dizer que veio achando que a vida aqui seria mais fácil, mais glamourosa e outras mordomias a mais. To errada? (tomara que sim.)

Bem então vamos lá,

Reclamação 1 – A Alemanha tem sim muita burocracia, mas não só para o estrangeiro, mas também para o Alemão.

Diferença: São muitos papeis que regem nossa vida aqui, eles são muito organizados e as coisas se resolvem. Após assinar todos os papéis, você sempre recebe um retorno (positivo ou negativo) daquilo que requereu.

Reclamação 2 – A Alemanha é muito frio, bem aí me perdoe mais uma vez, mas é ignorância tua né. Não teve aulas de geografia não? Aprendemos que a Europa é um país frio no inverno e que neva. Quando fez as tuas malinhas, você já imaginava que aqui era frio. E não é nosso frio de 18 graus, que uma jaquetinha fashion resolve. É um frio que chega aos menos 2 dígitos e que você precisa colocar mais roupa que o seu próprio guarda roupas.

Diferença: aqui as quatro estações do ano são muito bem definidas, o frio é gradativo, você tem um tempinho razoável para ir se adaptando ao frio. E sem contar que é um prazer a mais para a mulherada, poder caprichar no visual no inverno, aqui nós podemos usar e abusar de botas, xales e outros acessórios que pelo menos muitos brasileiros gostariam de usar, mas no calor do Brasil nem para fantasia de carnaval. (muito pior com o calor que é no carnaval…) A única verdade aqui é que o inverno nos deixa naturalmente mais lento.

E outra você pode sempre consultar a previsão do tempo. Vai chover, nevar, fazer sol? Tem muito vento, quantos graus? Um bom site é o http://www.wetter.com/. ( a previsão aqui é muito boa)

Reclamação 3 – Os Alemães são frios e fechados. Difíceis para se fazer amizade.

Lenda: Isto é uma lenda Ninguém tem obrigação de sair abraçando e sorrindo pra todo mundo que ainda não tem afinidade nenhuma. Agora eles têm educação suficiente para respeitar o espaço destas pessoas que ainda são desconhecidas. E outra coisa, você que é novo aqui no pais deles, eles já estavam aqui. Somos nós que temos que nos adaptar a vida deles, e não eles a nossa.

As pessoas são honestas, leais e amigas, lógico que você tem que mostrar estar interessado neles, na cultura deles e principalmente no idioma deles (ja falei sobre isto aqui). Eles têm a maior boa vontade em ajudar, em ser úteis. Se você não consegue fazer amizade aqui, tá na hora se refletir o que você tem feito de errado aqui.

Reclamação 4 – Não se tem o que fazer no Inverno.

Como é que é???? Lógico que tem, no inverno tem bastantes atividades, é lógico que sair para ir ao parque, fazer “picnic” embaixo a uma arvore não dá. Mas para isto temos o verão. Mas dependendo da região em que você mora você ir a Museu, Castelos, Estação de águas, Esquiar, Cinemas, restaurantes, Shows, Vá patinar no gelo, entre outras coisas.

Existem outras reclamações, mas eu dividi o tema em 3 posts para não ficar muito grande.

 

 

 

 

 

Silêncio…

27 Jan

Hoje eu quero manisfetar minha solidariedade a todas as familias das Vítimas do Incendio da Boate Kiss, a tragédia do dia 27 de janeiro, em Santa Maria, contabilizou 242 mortes e feriu 116 pessoas.

Meus pensamentos e intenções de hoje são dedicadas as todas as vítimas fatais e sobreviventes que hoje lutam para tentar ao menos viver com menos dor, no coração e no corpo.

Envio aqui uma Pomba para que ela leve conforto e esperança para todas estas familias e amigos que perderam de forma tão estúpida seus entes queridos.

images_thumb[7]

O Senhor é meu Pastor!

26 Jan
Crédito da Imagem: Santo & Santo

Crédito da Imagem: Santo & Santo

Hoje é Domingo e eu quero compartilhar um Salmo que me dá forças para continuar a batalha. Pois eu sei que com DEUS nada me faltará!

E como já desejava a muito tempo, coloco também o Salmo 23 em alemão.

Salmos 23

Psalmen 23

O Senhor é o meu pastor; nada me faltará.
Der HERR ist mein Hirte; mir wird nichts mangeln.

Deitar-me faz em pastos verdejantes; guia-me mansamente a águas tranqüilas.

Er weidet mich auf grüner Aue und führet mich zum frischen Wasser.

Refrigera a minha alma; guia-me nas veredas da justiça por amor do seu nome.

Er erquicket meine Seele; er führet mich auf rechter Straße um seines Namens willen.

Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.

Und ob ich schon wanderte im finstern Tal, fürchte ich kein Unglück; denn du bist bei mir, dein Stecken und dein Stab trösten mich.

Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos; unges com óleo a minha cabeça, o meu cálice transborda.

Du bereitest vor mir einen Tisch im Angesicht meiner Feinde. Du salbest mein Haupt mit Öl und schenkest mir voll ein.

Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida, e habitarei na casa do Senhor por longos dias.

Gutes und Barmherzigkeit werden mir folgen mein Leben lang, und ich werde bleiben im Hause des HERRN immerdar.

Desejo a todos vocês meus amigos e amigas que visitam o Europa Beauty uma excelente semana, cheia de muitas realizações e muitas novas conquistas.

E deixo a dica da Lola para esta semana:  Encontre algo pelo qual te faça sentir-se feliz.

 

Viramos escravos da própria Liberdade?

22 Jan

A mulher lutou tanto para ter os mesmos direitos que os homens, foram anos de opressão baseados em normas de gênero, aonde mulher não podia isto, não podia aquilo. Mas anos de lutas, e que fizemos com a nossa liberdade?

Querer ter os mesmos direitos, não significa fazer o mesmo que os homens fazem. As mulheres queriam o direito de votar, conseguimos. O direito, de participar ativamente na sociedade e no trabalho. Conseguimos.

Mas voltando um pouco na história lá em 1968, em Atlantic City, EUA, quando as mulheres queimaram seus sutiãs, representando assim a “queima” da opressão feminina. e topless representaria esta liberdade? Será que este ato se perdeu ao longo do caminho???

Mulher livre é aquela que não depende de um companheiro para sobreviver, ela tem o trabalho como uma responsabilidade para manter sua independência tendo ou não um companheiro. E o sexo fazendo parte da sua própria escolha e responsabilidade. Ou você entende diferente?

Ultimamente, eu venho adotando uma postura mais reflexiva e analítica de minhas próprias atitudes e tudo que leio e ouço, mas sempre observando o meio. Como o post do dia 19 sob o Título O FRUTO DE UMA SOCIEDADE QUE NÃO PENSA, do Blog do Óbvio (do querido Manoel Fernandes – Um beijo bem grande Manô), aonde o texto nos alerta sobre a cultura da eliminação.

Eliminação esta mascarada em um programa de televisão, mas a verdadeira eliminação aqui abordada é a nossa capacidade de pensar. Eliminação da nossa liberdade ser sermos considerados seres capazes de pensar.

Eu não estou aqui dizendo que nós mulheres devamos, voltarmos a ser as rainhas dos lares, abandonar todas as conquistas já conquistadas. Mas eu tenho um sentimento que viramos escravos dentro da nossa própria liberdade. Todos dizem que temos o direito de sermos livres, mas a vida nos prova que não existe este direito.

A sociedade nos nega esta liberdade. Não quero ofender a nenhum homem nest Post (longe de mim), mas eu quero me fazer entender o porquê nós mulheres queremos tanto ser iguais aos homens. Se na verdade nós não somos.

Não, nós não somos. Esta é a grande verdade. E as diferenças vão muito além do aspecto anatômico. As diferenças são gritantes a personalidade feminina não é igual à personalidade masculina.

Mas porque será que queremos adotar um comportamento tão masculino em nossas vidas? O que queremos provar com isto?

Esta mesma mulher que luta por direitos iguais, é capaz de julgar a outra mulher com uma severidade que pode ser fatal. Isto pode ser bem ilustrado com exemplinhos bem conhecidos do mundo feminino:

“ Menina você sabia que fulana dá para todo mundo? / Você sabia que ela só casou com ele por dinheiro? / Você sabia que ela só conseguiu aquele cargo porque ela dá para o chefe? / Nossa que mulher vulgar, com este batom vermelho?”

Já ouviu alguma destas frases? Ou talvez já até falou? Mas seria muita hipocrisia minha dizer que não. Isto é da nossa natureza. Tenho me policiado muito para aprender a viver sem pré-julgamentos.

Ter os mesmos direitos que os homens não significa fazer o mesmo que eles fazem, sim, estou repetindo a frase, porque muitas vezes nós queremos ser como os homens como ato de protesto. Mas protestar o que? Protestar o fato de não podermos nos relacionar sexualmente no primeiro encontro, sem sermos taxadas como fácil ou protestar porque quando chagamos em casa temos que lavar, passar e cozinhar enquanto os homens sentam e esperam o jantar?

Sim, minha gente o mundo das mulheres é brutal. Posso citar outros vários exemplos aqui: Um especial que aconteceu comigo quando eu tinha 14 anos, leia-se 14 anos. Eu tinha duas amiguinhas dais quais faziam milhares planos para o futuro, morar juntas, trabalhar juntas e outros contos de fada… Quando de repente me aparece o João Ricardo, sim o menino de olhos mais azuis que havia conhecido até meus 14 anos (kkkk). E o infeliz resolve dizer que meus olhos azuis (que na verdade são castanhos) são os mais lindos que ele já viu. (ele nem olhou para mim…)

Resultado? Amizade acabada. E a partir daquele dia, eu virei à pessoa mais vagabunda do mundo. E o pior de tudo isto, é que nunca tive nada com o tal do João Ricardo. Nem aperto de mão. – Mas e se eu tivesse, porque eu deveria ter reprimido meus sentimentos, se eu não ao menos sabia que a outra pessoa havia se interessado por ele? –

Outro exemplo são as várias mulheres que em busca dos seus 15 minutos de fama e acabam caindo no ridículo. Ou as que assumem uma postura totalmente vulgar, só para chamar a atenção. Uma erotização exacerbada simplesmente em busca de “admiração, facilidades e outros …”, (como diria um amigo muito mais, muito amado – só mandando: Vai procurar um trabalho minha filha!)

Sim isso é a escravidão e por que não dizer a tentativa de genocídio de gênero. E verdade seja dita igualdade é uma farsa. As pessoas não são iguais, os gêneros não são iguais, os ricos e os pobres não são iguais, todos são diferentes e devem, ou melhor, deve ser tratado de forma diferente. Isso é o que chamamos de equivalência, tratar as pessoas como elas são.

Agora se só vier com a questão do contexto cultural diferente que cada país carrega, eu vou dizer sim isto ainda é muito relevante. E tema para muitos outros post do gênero…

E para terminar esta minha reflexão ou talvez grande &%$#@ que falei, eu  só lamento que a sociedade em pleno ano de 2014 ainda precise de rótulos para tudo e todos. Porque não podemos simplesmente ser tratados como seres humanos?

Crédito das Imagens: Bing Imagens

Crédito das Imagens: Bing Imagens

 

Papo Besta de hoje, mas deixa eu falar?

20 Jan
Crédito da Imagem: unusedwords.com

Crédito da Imagem: unusedwords.com

Hoje eu quero tirar o dia para bater um papo de mulherzinha aqui no blog. Eu amo maquiagem, embora não seja a melhor maquiadora da face da Terra. Mas eu comecei a fazer uma organização em minhas coisas, até porque 4 meses sem praticamente “mexer” nas minha coisa, acho que tá na hora de o fazer. E preciso dizer que já me sinto mais animadinha para começar a me enfeitar mais, nem que seja para ficar em casa.

Mas gente, eu tenho muita maquiagem, coisas que eu nem sei como usar. Sou uma pateta mesmo. Agora eu joguei muita coisa fora, muita produto vencido, que não quero mais, que estava com uma “cara” duvidosa. Aí eu te falo como nós mulheres somos consumistas. (ai desculpa se você é mulher é não é. Saiba que eu te invejo e muito).

Só que o pior está para vir, acredita que buscando uma forma de organizar melhor minhas maquiagens, eu me deparo com o site da Contem 1G que diz: Não deixar a maquiagem exposta no banheiro ou em lugar que bata sol direto nelas. A umidade do banheiro pode provocar mofo e o sol excessivo pode estragar parte das suas maquiagens. O legal é deixar em um lugar seco e arejado e de preferência com alguns saquinhos de sílica por perto para evitar qualquer tipo de fungo.” E maquiagem vencida ajuda na formação da acne entre outras mazelas“

Pirei né. Minhas maquiagens ficam todas no banheiro. Pronto, lá vai à pessoa aqui rolando a cadeira equilibrando os cestos de maquiagem para a escrivaninha. Pelo sim, pelo não. Troquemos de local.

A minha pele, já não está melhor das peles, e agora me vem esta história. Mas pelo bem da pele de pêssego que almejo, sacrifiquemos um PEQUENO espaço da escrivaninha para as abençoadas makes. Afinal só com make up que abacaxi se parece com pêssego.

Bem, mas voltando a minha veia consumista, eu não aguentei ver minhas “joias” (deixa a pessoa aqui ser feliz ao menos no blog e chamar bijoux de joia tá. Para de implicância), eu acabei comprando um pequeno armário para as danadas. Gente me irritou demais estava tudo espalhado em várias caixinhas. Não conseguia encontrar o que eu queria.

Enchi-me de coragem e dividas, e comprei o tal Schmuckschrank (armário de joias), eu até já tinha visto um em minha última visita ao Ikea, (confere aqui) mas a “irritação” foi tão grande que acabei comprando outro. Quando chegar e estiver tudo organizado eu tiro foto e post.

Agora, para as maquiagens. Ainda estou sem solução. Não acho nem um pouco chique (posso usar esta palavra?) ficar com minhas makes expostas sobre a mesa. Andei vasculhando a internet em busca de alguns organizadores de acrílico, mas até mesmo comprando direito da China pelo tal do aliexpress (sei lá se é isto mesmo) o danado que eu quero é bem carinho. Acho que vou me render a uma maletinha daquelas de alumínio.

Mas sabe do que mais, eu já estou bem nervosa só de pensar que o próximo local a ser arrumado será o meu armário, sapatos e bolsas. Acho que vou ir para os livros e depois encaro o armário.

E falando de sapatos, eu não vejo a hora de poder calçar um salto bem alto. Acho que quando isto a acontecer eu vou andar 365 dias de salto alto. Vou usar até para ir ao banheiro. Pobre é uma miséria. Tá bom, eu já sei disto.  Mas que “vô, isto eu vÔ”!

“Autossuficiência” destrutiva

19 Jan

” Ter problemas na vida é inevitável, ser derrotado por eles é opcional” (desconheço o autor)

Crédito da Imagem: Google imagens

Crédito da Imagem: Google imagens

De passinho em passinho, eu estou retomando as rédeas da minha vida novamente, não posso dizer que estou 100%, mas nem preciso. Os 80% já estão me dando uma autonomia e mobilidade maior. Sim, 4 meses se passaram e eu estou aqui com um sentimento, uma grande necessidade de ser autossuficiente. (acho que após a reforma ortográfica passou a se escrever assim né?)

Mas não no sentido de ser uma pessoa que se julga melhor, e que basta de si mesma, mas no sentido de poder viver sem precisar a todo o momento de ajuda para as mínimas coisas do dia a dia, como ir a cozinha beber um copo de água, ou ser capaz de lavar meus próprios cabelos.

Sabe aquela ideia de indestrutibilidade que muitas pessoas têm, achando que podem tudo? Muitas vezes gastamos tanto tempo tentando esconder o que sentimos para construir uma imagem de força, coragem e estabilidade que se torna extremamente difícil a certa altura despir o personagem e correr o risco de parecermos humanos (que somos) de mostrar talvez que falhamos em determinadas situações.

Muitas vezes deixamos de aprender muitas coisas na vida por nos acharmos AUTOSSUFICIENTES, donos da verdade e senhores da razão. Mas a grande verdade, alem do engano da autossuficiência, existe também a questão do ciúme em relação ao sucesso do outro, em relação a nossa vaidade e nossa soberba e mania que muitos tem querer ser superior a alguém.

Isto me lembra de meu último chefe, um completo idiota que não conseguia sequer assumir o que ele realmente era e gostava (aliás, só ele achava que ninguém sabia que ele era homossexual) quanta ignorância não é mesmo?

Abrindo um parêntese em meu raciocínio, é muita estupidez de uma pessoa querer fingir o que não é. Sinceramente, nunca me importei com que as pessoas gostam de fazer entre quatro paredes, a opção sexual de uma pessoa não me interessa nem um pouco. Nunca deixei de amar meus amigos por eles serem homossexuais. Pelo contrário, só aumenta meu respeito por eles serem honestos com eles mesmos. Minha melhor amiga mora com uma mulher a 9 anos. E daí? Isto é decisão dela. Não muda em nada nossa relação. (mas eu sempre digo que ela perde muito, pq o tal do “homi” é tão bom, mesmo às vezes sendo tão chato) piadinhas a parte. Fecho meu parênteses.

E voltando ao meu chefe, é uma pessoa tão medíocre que me lembro do dia em que fui entregar meu pedido de exoneração, ele nem me recebeu. Adora se mostrar ocupado, importante e ele se achava o homem mais inteligente daquela municipalidade. Só porque tinha um cargo (político – no máximo oito anos se o prefeito fosse reeleito) de Secretário Municipal. Mal sabe ele que o próprio prefeito já me ligou algumas vezes e resolvi  “abacaxis” sem precisar de opinião ou autorização do tal.

Não estou me julgando melhor que ele, por favor, não me entendam mal, mas estou dizendo que ninguém é dono de todo o conhecimento. E que nem sempre quando pedimos opinião isto signifique que somos inseguros ou burros. Isto significa que não temos medo de julgamentos e que somos inteligentes sim. Porque assumimos nosso lado humano e queremos mostrar que a outra pessoa também é necessária. Seja no âmbito pessoal ou profissional.

Engana-se quem diz que nascemos sozinhos, eu penso que não nascemos, pois a nossa mãe está lá e sem a força que ela precisa fazer, não nascemos se sem os cuidados dela enquanto feto, nós não nos desenvolvemos. (Ou falei muito m. aqui?) E nem tão pouco “Ninguém vive sozinho” e por mais que muitos tenham um certo gosto pela solidão, também precisamos de alguém e esse alguém precisa se sentir amado e necessário. Lógico que sem exageros.

Eu não sou mais forte, nem melhor que ninguém, nem a mais corajosa. Mas humilde o suficiente para dizer que graças a vocês eu tenho conseguido encontrar coragem, força e grandes exemplos para superar todos os obstáculos que venho enfrentando estes últimos 4 meses.

E só para ficar registrado, hoje faz três meses que me Pai olha por mim lá do céu. E saudade cada vez maior.

Crédito da Imagem: Bing Imagens

Crédito da Imagem: Bing Imagens

PS: a autossuficiência aqui abordada refere-se ao estado de não necessitar de qualquer ajuda, apoio ou interação de outros, para viver e sobreviver. E é lógico que existe também um conceito positivo para a mesma palavra.

Série: A caminho dos 40 – #1

16 Jan
38408075139

Crédito da imagem: Google.nl

O que pouco de voces aqui sabem, é que eu estou caminhando para os meus “enta” tá certo faltam alguns poucos anos, mas já estou mais que na metade do caminho. E últimamente venho me questionando o rumo que eu quero dar para a minha vida.

O que eu quero viver aos meus 40 anos? Sendo muito otimista de que eu chegarei aos 40, (quero e quero muito!) afinal, nao quero morrer pelo menos pelos próximos 60 anos. (isto que é otimismo!) Tem que ser assim né!?

Mas, voltando aos nossos caminhos, já reclamei muito aqui no blog sobre a inercia da minha vida, já fiz muitos desabafos sobre meus dramas, já contei meus causos. E agora é hora de contar meus atos. O que eu quero fazer.

Eu estou me desafiando a chegar em meus 40 anos, em plenitude! (em todos os sentidos da palavra plenitude).

Tudo em nossas vidas säo ciclos, e agora eu quero encerrar este ciclo de mágoas, medos, inseguranca e dramas. O que aconteceu já foi. Tá na minha hora de me livrar deste peso morto que carrego nas costas. Levantar os ombros e caminhar olhando para a frente.

E o que nunca podemos por nem 1 segundo nos esquecer é que colhemos as consequencias de nossas atitudes, nossas escolhas e decisoes.

Nao podemos confundir nosso comportamento com nossa identidade. SegundoErikson (1972), a identidade implica em quem a pessoa é, quais são seus valores e quais as direções que deseja seguir pela vida. O autor entende que identidade é uma concepção de si mesmo, composta de valores, crenças e metas com os quais o indivíduo está solidamente comprometido. E agora perceba que seu comportamento é baseado naquilo que seus pais, colegas, amigos, ou qualquer outra influência tenha lhe mostrado, ensinado ou contado durante toda a vida. É uma história na qual você assimilou como sendo sua Identidade.

Talvez voce já tenha escutado a frase: ” A criança sempre tem uma intenção positiva por detrás de seu comportamento negativo.”

Entäo, nós adultos também. Mas muitas vezes as coisas nos são apresentadas para que aprendamos valores com ela, e näo para repetirmos ou tentar fazer igual, e nisto está a ação e reação! Eu estou focada em identificar meus hábitos e comportamentos negativos dos quais eu não consigo me livrar facilmente. Mas näo apenas me livrar eu quero entender como eles foram construídos. E erradicar de uma vez por todas.

Nunca é tarde para criar bons hábitos. Para edificar. Näo podemos ter medo das mudanças. Pois a mudança constante é a única garantia que podemos ter daquilo que a vida nos trará e nos pedirá.

E voce como quer chegar na sua próxima bolinha*?

*bolinha = aniversário redondo, 10,20,30,40,50,60,70,80,90,100….

O meu cabelo #1

14 Jan

Eu realmente comecei a dormir de luvas. Aproveitei para passar um creme para as mãos, elas estão bem castigadinhas pelo uso das muletas e cadeira de rodas.

Como eu havia prometido no post do dia 04.01, eu vou postar a foto do antes e depois do meu cabelo, sinceramente estou tão desapontada. Até comentei com a Paulinha (oessamenina) que a cabeleireira não quis cortar meu cabelo como eu gostaria. Já tinha feito meditação, me preparado psicologicamente para o corte, mas na hora H a moçoila me vira e diz que é até pecado cortar meu cabelo curto, (Pecado é falar o nome Santo de DEUS em vão, e não cortar um cabelo). Ai “deprimi” risos.

Mas, tudo tem um motivo não é mesmo? E até porque ela (a cabeleireira) é muito boazinha, MUITO barato (paguei 12,-euros) e ainda vem em casa, gente para quem mora na Alemanha, sabe que salão aqui é artigo de luxo, a última vez que fui ao salão em Agosto de 2013, eu paguei pela lavagem e corte (as pontinhas) 38 euros.

Tem “probrema” não, daqui a 3 meses eu faço o corte que eu quero, nem que eu corte sozinha e depois a cabeleireira acerte o corte. Mas porque daqui a 3 meses? E não agora? Porque esperar?

Bem, porque agora eu tenho outras prioridades, como a minha pele, emagrecer e aí depois que estiver da forma que eu quero eu faço a mudança, o cabelo é sempre o resultado final, ou não é?

Antes de ir para a foto, eu quero agradecer o vídeo que a Caipira na Suécia me indicou, Maria Helena, muito bom este vídeo viu. (recomendo a todas assistirem). Já estou me preparando para seguir as instruções. E Chris (chinanaminhavida), já encomendei o protetor da La Roche. só espero que ele não aumente a oleosidade da minha pele.

Bom, mas não vou ficar de lero lero, vamos as fotos.

CabeloADAgora me diga você. Não mudou nada não é mesmo???

“Kipele” #1

12 Jan

Como eu já cansei de resmungar aqui no blog, desde quando vim para a Alemanha eu não consigo controlar minha pele e meus cabelos. Apesar de que agora meus cabelos estão totalmente sob controle, graças a um Shampoo anti-kalk da La Roche Posay ( se você mora na Alemanha e quiser experimentar, chama-se La Roche-Posay Kerium Extrem Mild Shampoo custa aprox. 9,50 €) e meu próximo passo será comprar um filtro para o chuveiro. Já falei sobre este assunto aqui e aqui.

Agora a minha pele, eu já não sei mais o que faço. Eu estou com o rosto lotado de espinhas e manchas. Já gastei muito “angelinhas*” em medicamentos, cosméticos e visita a dermatologistas. Fui a dois dermatologistas e nenhum deu jeito. Os dois são mais para procedimentos cosméticos do que para dermatologia clinica. Isto não é problema só no Brasil não. Um queria me aplicar botox e o outro queria fazer um peeling de sei lá o que e após fazer um sei lá que me custaria nada mais nada menos que 1.800,00 angelinhas. (faz o cambio para real… mas faça sentada para não cair).

Então como uma boa brasileira que sou, eu estou resolvendo que vou apelar para os ensinamentos da vovó, e tentar dar um jeito na minha pele sem precisar abalar minhas economias, (que ultimamente estão muito bem controladinhas, meu plano de saúde é privado, eu preciso primeiro pagar as contas e só depois sou reembolsada – e os meus gastos estão sendo bem altos), Sim eu pago primeiro tudo, inclusive a conta do Hospital.

Mas, voltando ao meu problema de pele, minha Mãe sempre me diz (inclusive hoje ao telefone) que nós somos o que comemos. Então primeiro passo é mudar a minha alimentação, até porque desde que sofri meu acidente, eu já engordei uns 18 kilos, sem mentira ou exagero. São quatro meses sentada em uma cadeira de rodas sem me exercitar só comendo, já deu para imaginar né.

A minha Mãe fez curso de medicina e estética por correspondência, e com certeza o curso não chegou completo, mas ela adora dar pitacos, mas como eu prometi escutar os conselhos da minha Mãe, eu vou seguir a risca os que ela me deu hoje. Até porque minha Mãe tem a pele linda e quase não tem ruga nenhuma. (e olha que ela já 70+).

1º Passo: Mudar a Alimentação

Segundo a minha Mãe, eu preciso cortar as gorduras e açucares da minha alimentação. Criar o hábito de comer legumes, verduras, frutas e beber bastante água.

Agora o problema: Eu amo chocolate e doces, frituras, os “vergumes” só como pimentão, cenoura, alface, pepino e espinafre. (sou um nojo para comer) Frutas como quase todas. Mas aqui na Alemanha a variedade também não é assim tão grande, e os “vergumes”, pode até ser, impressão minha, mas alguns não têm gosto de nada. Mas eu vou fazer de tudo para me disciplinar.

2º Passo: Usar filtro Solar

Não interessa se você está morando na Alemanha, o sol é o mesmo para todos. E quando a pele fica muito exposta ao Sol já apresenta um aumento da oleosidade e causando uma piora da acne. E outra, seja qual for a quantidade de sol, durante o tratamento com alguns produtos não é recomendado exposição à luz solar pois isto pode favorecer o aparecimento de manchas.

Agora o problema: O protetor que estava usando que é ótimo chama-se Minesol Oil Control FPS 30 RoC®, e aqui na Alemanha eu não acho para comprar. Já tentei usar um outros 2 protetores, um me deu alergia (sou alérgica a quase tudo) e o outro as espinhas e oleosidade aumentou descaradamente.

Bem, estou pensando em usar o Anthélios 40 AC La Roche Posay. Vocês podem me indicar um bom produto?

3º Passo: Lavar o Rosto

O rosto deve ser lavado de 2 a 3 vezes ao dia, no máximo com sabão próprio para a pele oleosa.

Agora o problema: Bem, estava usando um sabão liquido da Avene ( por prescrição médica), mas minha pele fica muito seca com ele. Agora estou na mesma do protetor solar alguém pode me indicar algum?

4º Passo: Não espremer

Não preciso nem explicar o tanto que ela falou aqui… blá blá blá

Agora o problema: Eu não resisto a nós dois… E quando resisto durante o dia, à noite a mão e o rosto se amam. (virou até musica de Amado Batista). Moral da história: acordo com o rosto todo machucado.

A Mamãe finalizou o discurso me mandando dormir de luva. Tá bom começo hoje a dormir de luva.

crédito: nacidade.com.br/

crédito: nacidade.com.br/

              —————————————————————————————————————————–

E para o Post não ficar tão longo, assim como a minha ligação para a Mamãe hoje, ela falou que continua a “aula” de acne em nossa próxima ligação. Diz ela que vai ligar para a amiga que é dermatologista para pedir algumas dicas. Esta é a minha Mãe.

Agora se vocês souberem qualquer receitinha da vovó e quiserem compartilhar comigo, please, não se acanhem deixem um comentário ou me enviem um e.mail pois a pessoa aqui está entrando em desespero todas as vezes que se olha no espelho.

*angelinhas = euros

acne

Crédito da Imagem: http://img.lady.ru

 

Gotas de Chuva

4 Jan

A minha vida mudou loucamente nos últimos meses. E isso mexeu diretamente com toda a minha rotina (que já era maluca), o que resultou em menos tempo livre. Uma das mudanças – e a segunda maior de todas – foi o meu acidente, a maior de todas foi perder meu PAI (mas perdi apenas dos meus olhos, ele está bem vivo em meu coração).

Mas, como tudo que acontece em nossa vida tem uma razão, eu sigo a vida sem ainda saber a razão de tudo isto, mas não estou buscando razões ou justificativas, acho que nunca estive. Mas isto agora é passado. O presente é a minha recuperação, a minha melhora. Que por sinal está tendo bons resultados. Eu já posso com cautela colocar todo meu peso sobre a perna. Mas dói demais. E o meu braço só consigo levantar até 80 graus. Mas nada de desanimo. Semana que vem tenho consulta, então eu posso compartilhar com mais detalhes a  minha recuperação.

E quando eu criei o blog ele tinha sim, outro objetivo, eu queria dividir as minhas experiências, dúvidas, dificuldades e acertos em minha adaptação na Alemanha. Mas o blog deixou em partes de ter esta temática não posso dizer limitando ‘isso é um blog de moda’, ‘isso é um blog de culinária’ ou ‘isso é um blog de beleza’. Não, isto é um blog de um tema especifico, e sim um blog multi. Eu quero poder falar de tudo e para todos que estiverem dispostos a dedicar alguns minutos do seu dia para ler.

Eu me faço lembrar o primeiro dia que eu resolvi ir comprar um Shampoo, eu gastei exatas 2 horas para comprar 1 frasco de Shampoo, não sabia qual era meu tipo de cabelo (em alemão) são tantas nomenclatura que me deixou maluca – como se em português também não tivesse, risos. Mas se você também estiver em dúvida pode clicar aqui, e identificar seu tipo de cabelo.

Agora por falar em cabelos, eu vou cortar o meu cabelo semana que vem. Estou com o coração partido, meu cabelo está todo quebrado. Os dias no hospital foram cruéis com os meus fios, eu não tenho pontas duplas, eu tenho pontas sêxtuplas. Sem contar que meu cabelo está super quebradiço e embaraça por qualquer coisa. Meu cabelo é bem longo abaixo dos seios. Mas pelo bem dos meus fios vão diminuir bastante. Mas o antes e depois eu vou fazer na semana que vem ok?

Bem, é como o ano está apenas começando, se eu cortar meu cabelo semana que vem, até o meu aniversário ele já vai estar mais “cumpridinho”. Ah, mais se tem algo que eu procurei nunca mudar foi meu cabelo, não pinto, só corto as pontinhas, sai ano e entra ano eu estou sempre com o mesmo visual. Então conhece a famosa frase global: “Crie, Invente, Tente faça um 2014 diferente!” (a frase é esta mesma?)

Eu vou fazer!

E a chuva cada vez mais forte lá fora…

chuva

 

Ano Novo, mas e a vida?

1 Jan

O ano nunca vai ser novo se você for o mesmo!

Até hoje eu nunca conseguia cumprir as promessas da virada de ano. Não começava aquela dieta, não me tornava mais organizada e nem deixava de ser tão consumista… Em meio a tantas promessas não cumpridas eu decidi fazer uma lista de 365 possibilidades possíveis, o que é isto? Bem isto é só sonhar… Se a realidade assim o permitir, realizar!

Mas enfim, são “possibilidades” que eu gostaria de realizar,  ver, comprar e viver nestes 365 novos dias de 2014.

Hoje eu recebi um e.mail bem intrigante de uma amiga querida, perguntando qual é a minha palavra de ordem para 2014, passei o dia inteiro hoje me questionando isto, motivo pelo qual o post de hoje foi publicado tão tarde, e eu cheguei a uma conclusão. A minha palavra chave para 2014, é CONHECIMENTO.

Nós não somos perfeitos e ninguém sabe de tudo ou é o dono da verdade, por isso que viver é algo mágico. Conhecer, é um verbo que devemos conjugar diariamente. Isso sim, nunca ninguém poderá tirar de nós! Aproveitar cada minuto, cada momento, cada oportunidade para buscar conhecimento. Agora isto não se trata de conhecimento científico diz a respeito do conhecimento empírico.

Eu tenho muitos sonhos, se vou conseguir realizá-los? Só DEUS poderá me guiar.

Agradeço a todos vocês que mesmo sem comentar em meu blog estão sempre por aqui lendo meus desabafos, aguentando minhas crises existências, muitos dos meus textos sem pé nem cabeça. Mas estão aqui. Me permitindo entrar um pouquinho na vida de vocês. O ano de 2013 só não foi mais pesado graças a vocês que com palavras conseguiram me tranquilizar, me confortar e me mostrar que sempre há uma luz no fim do Túnel.

A todos vocês, eu gostaria de dizer MUITO OBRIGADA! E que 2014 seja generoso conosco e venha nos trazer muitos conhecimentos.

Mas nunca se esqueçam: O ano nunca vai ser novo se você for a mesma pessoa! E a busca pelo conhecimento já é a metade do caminho para fazer o ano ser realmente novo.

Beijos carinhosos

Lola

ebeauty

2013 em músicas

28 Dez

Estas foram as 10 músicas que estavam em meu Ipod durante os 365 dias de 2013. Mas preciso já ir avisando que gosto de muitas músicas antigas… (ah mais vai, nem tão antigas assim né?)

  1. U2 – One

2. R.E.M.- Losing My Religion

3. Salaam-e-Ishq – Sonu Nigam, Shreya Ghoshal, Kunal Ganjawala, Sadhna Sargam, Shankar Mahadevan

4. Freddie Mercury and Montserrat Caballe – How can I go on

5. Madonna – Forbidden Love

6. Tina Turner – Simply The Best

  1.  Roberto Carlos – Como é grande o meu amor por você

8. Ana Carolina e Ana Cañas — “No quiero tus besos ”

9. Por Onde Andei – Nando Reis e Os Infernais

10. Mana – Labios Compartidos

Tá certo que eu tenho outras músicas, mas confesso que estas são aquelas que não consigo trocar. Gosto muito destas músicas e destes artistas. Espero que vocês curtam também minha Playlist.

Então é Natal

25 Dez

Новогодний-кот-3

Quero desejar-vos um Feliz Natal, cheio de coisas boas, muito amor, paz, amizade e tudo de bom!!!  Não deixem de sonhar!

I wish you a Merry Christmas, full of love, peace, friendship and all the best! Do not stop dreaming!

Ich wünsche Ihnen ein frohes Weihnachtsfest, voller Liebe, Frieden, Freundschaft und alles Gute! Hör nicht auf zu Träumen!

Vi auguro un Buon Natale, pieno di amore, pace, amicizia e tutto il meglio! Non smettere di sognare!